PLATAFORMA

Curso online de 1.600 vagas sobre mosquito Aedes aegypti

Desenvolvido pelo Cederj com a colaboração da Fiocruz,
o curso é gratuito e aberto a todos os interessados

O Consórcio Cederj, ligado à Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, está com inscrições abertas para o curso online aberto (da sigla em inglês Mooc) de combate ao Aedes aegypti, com 1.600 vagas. Objetivo é capacitar e informar a população sobre as doenças transmitidas pelo mosquito (dengue, zika e chikungunya).  O projeto foi desenvolvido pelas áreas de divulgação científica e extensão do Cederj, tendo a colaboração de pesquisadores da Fiocruz. As inscrições vão até 16 de janeiro. Para se inscrever, clique aqui.

O lançamento coincide com o início do verão, que é quando o mosquito se prolifera e as doenças transmitidas por ele aumentam. Só este ano o estado do Rio registrou 15 mil casos de zika até o mês de outubro. O formato do Mooc, por ser um ambiente virtual aberto, permite atender a um grande número de alunos simultaneamente. O curso é gratuito e não precisa de pré-requisitos ou formação prévia. O material do curso consiste em vídeos, textos e atividades que podem ser impressas.

O objetivo principal para a criação do Mooc é de conscientizar a população sobre as características do mosquito Aedes aegypti O curso leva em conta o que é necessário saber para combater o mosquito e se prevenir contra as doenças.

“Precisamos combater o agente transmissor dessas doenças. A Secti e o Cederj usaram o conhecimento e ferramentas EaD para colaborar na luta contra a Zica, que já provocou milhares de dramas pessoais. Acreditamos ser fundamental capacitar a população para reconhecer todos os possíveis focos de Aedes”, ressalta o presidente do Cederj, Carlos  Bielschowsky.

Após a conclusão do curso, é possível reconhecer e realizar ações de combate ao mosquito dentro de casa, além de propagar conhecimentos para a família, os amigos e a comunidade em geral.

UNIVERSIDADES CONSORCIADAS

APOIO