PLATAFORMA

Aluna do PVS tira 980 na redação e passa para UFRJ

Último sábado letivo no PVS Cantagalo (Crédito: Arquivo pessoal)

Último sábado letivo no PVS Cantagalo (Crédito: Arquivo pessoal)

O pré-vestibular social da Fundação Cecierj destacou-se na redação do Enem 2018. Duas alunas da unidade Cantagalo, região serrana do Rio de Janeiro, tiraram notas acima de 900, provando que treinamento e bom acompanhamento são os segredos para ir bem no concurso e garantir uma vaga na universidade. O curso, aliás, está com inscrições abertas até o dia 14 de fevereiro. Para mais informações, acesse: http://cederj.edu.br/prevestibular/

Camila Moraes da Silva, de 17 anos, tinha o objetivo de cursar Direito na UFRJ. Para isso, sabia que precisaria ir muito bem nas questões de Humanas e tirar uma nota na redação acima de 900. Após um ano de treinamento semanal, a jovem, que sempre estudou em escola pública, tirou 980 na redação e comemora a conquista da vaga desejada.

“Eu sempre tive facilidade para escrever, sou escritora nas horas vagas. Mas eu vi que precisaria tirar mais de 900 na redação para conseguir uma vaga em Direito na UFRJ. Quando eu estava no primeiro ano do Ensino Médio, eu fiz o Enem pela primeira vez e tirei 840 na redação. No segundo ano, participei do exame novamente, minha nota foi 880. Percebendo que precisaria melhorar, eu passei o último ano escrevendo uma redação toda semana, o Vitor (Berçot, bolsista de tutoria de Redação) corrigia e via onde eu tinha errado. A tutoria me ajudou muito a aperfeiçoar a técnica. Durante o curso eu cheguei a tirar mil na redação, foi quando eu vi que estava no caminho certo. Quando eu saí da prova do Enem, achei que iria tirar 920, mais ou menos, a nota 980 me surpreendeu”, diz Camila, que agora comemora a aprovação.

Já Ana Carolina Gonçalves, de 18 anos, ficou surpresa ao saber que havia tirado 940 na redação. O motivo? A princípio, acreditava não ter domínio suficiente sobre o tema para sair-se bem na avaliação.

“Eu sempre fui um pouco insegura quanto a redação. Quando eu entrei no PVS, as minhas notas não eram tão boas, mas eu fui evoluindo. Durante o ano eu fazia redação de um curso online, na escola e no PVS. As tutorias de redação me ajudaram muito a melhorar a minha nota”, comenta a aluna, que está tentando uma vaga em Odontologia na UFF.

Simulado presencial no PVS de Cantagalo (Crédito: Arquivo pessoal)

Simulado presencial no PVS de Cantagalo (Crédito: Arquivo pessoal)

Vitor Berçot, bolsista de tutoria da unidade Cantagalo, reitera a fala das alunas pontuando que treinamento e boa leitura são essenciais para escrever uma boa redação.

“Muitas pessoas têm dificuldade por causa da trajetória escolar e ficam assustados na hora de escrever, principalmente por não saberem qual é o tema. Por isso, a primeira dica é treinamento! No pré-vestibular social a gente passa paras os alunos uma redação por semana e recomenda que eles tentem escrever no tempo reservado na prova para isso, que é mais ou menos uma hora. Essa correção semana é boa para ajudá-los a aperfeiçoar a técnica”, explica Vitor, que continua:

“A segunda dica é leitura! Não tem como adivinhar qual será o tema da redação então, a melhor maneira de se preparar é lendo jornais, revista, vendo determinados programas, sempre buscando desenvolver um pensamento crítico”.

Pré-vestibular social

A Fundação Cecierj abriu inscrições para o curso extensivo de Pré-Vestibular Social (PVS). Serão oferecidas 11.080 vagas distribuídas nos 50 polos de estudo, localizados em 36 municípios, beneficiando todas as regiões do Estado do Rio. A inscrição é gratuita e deve ser feita até o dia 14 de fevereiro de 2019 pelo site cederj.edu.br/prevestibular, seguindo as instruções do formulário e do Edital, inclusive no que diz respeito ao envio da documentação, que dessa vez será toda digitalizada. A opção de entrega presencial da documentação na sede da Fundação, na Central do Brasil, acontecerá apenas na última semana de inscrições, no período entre 11 a 15 de fevereiro, conforme o edital.

UNIVERSIDADES CONSORCIADAS

APOIO

Governo do Estado do Rio de Janeiro