PLATAFORMA

Carlos Eduardo Bielschowsky

Carlos Eduardo Bielschowsky

Carlos Eduardo Bielschowsky

Graduação em física pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1977), mestrado em pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1980) e doutorado em Física pelo Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (1984), atualmente é professor associado da Universidade Federal do Rio de Janeiro cedido para o governo do Estado do Rio de Janeiro. Atuou desde o início da carreira até 2011 na área de Química, com ênfase em Físico-Química, principalmente nos seguintes temas: colisao eletron-atomo e eletron-molecula, espectroscopia atomica e molecular, fisica atomica e molecular, espectroscopia molecular e colisao eletron-molecula, com cerca de 50 artigos completos publicados em revistas na área, tais como Physical Review e Chemical Physics Letters. Desde a década de 80 vem atuando também na área de educação, tendo participado de diversos projetos na UFRJ, tais como o processo de avaliação Institucional da UFRJ, como presidente da comissão permanente de avaliação COOPERA, a implantação de 55 laboratórios de informática em graduação, da comissão do Paiub/MEC e o projeto de Reconstrução da Infraestrutura das IFES também no MEC. Coordenou de 1989 a 1997 a elaboração e a implementação do consorcio CEDERJ que reune as seis Universidades públicas do Estado do Rio de Janeiro, UFRJ, UERJ, UNIRIO, UFF UENF e UFRRJ, o governo do Estado do Rio de Janeiro e atualmente faz parte da Universidade Aberta do Brasil. Este consórcio oferece hoje 12 cursos de graduação a distância a cerca de 25 mil alunos em 32 polos regionais em todo o Estado do Rio de Janeiro, oferecendo também cursos de extensão para formação continuada de professores, bem como o pré-vestibular social para 20.000 alunos e atividades de divulgação científica tais como museus de ciência, a praça da ciência ambulante e o projeto ver ciência. Ocupou entre junho de 2007 e dezembro de 2010 a posição de Secretário de Educação a Distância do Ministério de Educação tendo sido responsável pelos seguintes projetos principais: i. proinfo integrado (TIC nas escolas públicas com ações de infra-estrutura, capacitação de professores e conteúdos digitais, inclusive a concepção e execução de www.portaldoprofessor.gov.br hoje com cerca de um milhão de acessos mensais e do projetor proinfo integrado hoje em 50 mil escolas); ii. a supervisão e regulação da área de Educação Superior a Distância no Brasil com a criação de referenciais de qualidade, instrumentos e sua aplicação para a regulação e supervisão dos sistemas de educação a distância das Universidades Brasileiras; iii. o ensino técnico à distância (e-tec Brasil); iv. participação da criação da Universidade Aberta do Brasil inicialmente na SEED e atualmente na Capes; v. concepção e implementação do Plano Nacional de Formação de Professores do Brasil, sendo responsável pela criação e implementação da Plataforma Paulo Freire. Desde janeiro de 2011 volta a ocupar a presidência da Fundação Cecierj / consórcio Cederj, com destaque para as seguintes ações: i. Seja Profissional: Sistema de Educação a Distância de Jovens e Adultos, composto da oferta de ensino fundamental e médio, de cursos de formação profissional inicial, do pré-vestibular social e dos cursos de graduação do Cederj, somando 90 unidades escolares com 100 mil alunos; ii. Curso de especialização lato senso inovador de professores da rede, atualmente com 3000 professores em Língua Portuguesa e Matemática iii. Co-coodenação, junto com a Secretaria de Educação, da concepção e implementação do currículo mínimo da rede, do reforço escolar para alunos do ensino médio e da concepção e futura implementação de um projeto piloto de Eja presencial de ensino médio em 10 escolas. Nos últimos anos vem migrando sua atividade de pesquisa para a área de Educação, com a publicação de vários artigos nesta área, e desde abril de 2011 é o editor chefe da Revista Brasileira de Educação a Distância da ABED – Associação Brasileira de Educação a Distância. (Texto informado pelo autor). Extraído da Plataforma Lattes

UNIVERSIDADES CONSORCIADAS

APOIO